• Esporte 08/08/17 | 05:56:38
  • Em dia histórico e de homenagens, Barça vence Chape no Camp Nou
  • Vitória dos espanhóis por 5 a 0, placar foi o menos importante
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Oeste Mais/Adalmir Kaiser
  • Foto: Josep Lago/AFP

O Barcelona recebeu a Chapecoense nesta segunda-feira, dia 7, no Camp Nou, em jogo que ficará na história para a equipe catarinense. Convidada pela equipe catalã como forma de solidariedade à tragédia aérea sofrida em novembro de 2016, o time brasileiro enfrentou o Barça na disputa do Troféu Joan Gamper.

Dentro de campo, o elenco Blaugrana não teve dificuldades e goleou por 5 a 0. O resultado, porém, pouco importou em um dia de homenagens e recomeço, principalmente para o lateral Alan Ruschel, que retornou aos gramados após mais de oito meses em recuperação do acidente.

Apesar de o vencedor sair com a taça, o duelo teve um clima amistoso principalmente pela história de superação vivida pela Chapecoense. Com isso, o Barcelona fez de tudo para receber a equipe catarinense bem.

Antes do jogo, o elenco do Barcelona foi apresentado para a temporada e o meia Iniesta disse algumas palavras de solidariedade e boas-vindas aos jogadores da Chapecoense.

Neto se emocionou com homenagens (Foto: Josep Lago/AFP)
Além disso, Neto, Alan Ruschel e Jackson Follmann, os três atletas sobreviventes da tragédia em novembro de 2016, entraram em campo ovacionados pelos torcedores da Chape para receberem homenagens. Neste momento, o zagueiro Neto não se conteve e foi às lágrimas.

Como última homenagem antes do início do jogo, Neto e Jackson Follmann foram ao centro do gramado para dar o pontapé inicial, novamente diante de muitos aplausos da torcida.

O jogo

A partida teve início com o Barcelona mostrando sua superioridade, chegando ao ataque sem dificuldades e criando boas chances com frequência.

Com isso, não demorou para a equipe catalã abrir o placar. Aos seis minutos, Rakitic recebeu a bola dentro da área e rolou para o lado. Lá estava Deulofeu, que livre de marcação apenas empurrou para a rede para fazer o primeiro do Barça.

Após o gol, o Barça seguiu melhor na partida e ampliou. Aos 10 minutos, Busquets recebeu na entrada da área e mandou uma bomba. A bola pegou força e foi no ângulo, sem chances de defesa para Elias, consolidando um golaço no Camp Nou.

Depois de marcar dois gols, o Barcelona diminuiu o ritmo. Com isso, a Chape conseguiu criar suas primeiras oportunidades. Aos 16, Wellington Paulista chutou cruzado e levou perigo ao gol de Ter Stegen. Já aos 20, foi a vez de Luiz Otávio cabecear ao lado.

As oportunidades, porém, pararam por aí, e o Barcelona não demorou para ampliar. Aos 28, Messi recebeu cruzamento de Deulofeu e, de frente para o gol, chutou no alto, sem chances para Elias, para fazer o terceiro.

comentários